Notícias‎ > ‎

A Força da Esperança - Artigo de Dom Paulo Mendes Peixoto

postado em 14 de ago. de 2008 16:45 por Julio Cesar Rodrigues
A Força da Esperança - Artigo de Dom Paulo Mendes Peixoto
13/08/2008

Jesus Cristo é o caminho, é a verdade e a vida. Ele é a fonte da nossa confiança e de esperança na vida. Entre nós isto acontece na prática dos relacionamentos, nos encontros de fraternidade, na partilha das mesmas preocupações e do mesmo sonho. Com isto, tudo passa a ser gerador de nova vida, inundada de alegria.

A vida é marcada por encontros que dão forma humana à esperança. Deve criar abertura e disponibilidade para a ajuda entre as pessoas. Temos que nos deixar conduzir pelas coisas que fazem o bem. São bem-aventurados todos aqueles que conseguem descobrir, nos relacionamentos e encontros, o itinerário para realizar o bem.

É importante ter em conta as palavras sábias da Sagrada Escritura, quando diz que “Deus privilegia os pobres e humildes, sacia os famintos e despede os ricos sem nada”. É uma inversão de valores levando em conta a ordem social dos dias de hoje. A atitude bíblica não significa levar a uma alienação. É uma exaltação dos humildes.

Como se vê, o mundo está marcado por uma dupla realidade que toca profundamente a vida das pessoas. Uma delas é a grandeza pessoal, regada por uma falsa felicidade e uma falsa esperança. Outra, marcada pela humildade e aniquilamento, mas muito mais fundamentada numa esperança que sai de dentro, que realiza o próprio ser pessoal. Faz a vida ficar muito mais equilibrada.

A verdadeira esperança tem sua raiz em Deus. É uma força que faz “transportar montanha”, que supera os obstáculos e condicionamentos humanos. Os pobres e sofredores estão mais sensibilizados para isto, porque não têm nada a perder. Têm sim a vida que deve ser defendida a todo custo. Por isto erguem seus olhos para o céu com muito mais confiança e forte esperança.

A força da esperança tem uma espiritualidade totalmente libertadora. Ela é conquistadora de fatos e situações novos para realizar os seus objetivos. Não se desespera e não se deixa levar pelas realidades do tempo. É imprescindível na vida das pessoas para conquistar a esperança.

Dom Paulo Mendes Peixoto
Bispo de Rio Preto.
Comments