Notícias‎ > ‎

Nasce Wikipédia dos santos

postado em 26 de mar. de 2008 04:53 por Cristo Rei Paróquia
Nasce Wikipédia dos santos: Santopedia.com, buscando colaboradores

BARCELONA, domingo, 23 de março de 2008 (ZENIT.org).- Uma Wikipédia para os
santos, para «conhecê-los»: esta é a idéia com a que se lança o projeto
«Santopedia», lançado por um grupo de jovens católicos de Barcelona para
«fomentar o conhecimento dos santos» e «a pesquisa científica e estatística
de suas vidas, especialmente dos mártires».

Nestes dias da Semana Santa, lançaram uma primeira versão do site, com o
objetivo de fomentar a colaboração de pessoas com bons conhecimentos sobre o
santoral. Nacho Cofré, diretor do projeto, disse à Zenit que «o site está em
contínuo crescimento, de conteúdos e de funcionalidades» e o desejo é «que
seja um projeto muito grande», mas reconhece que por enquanto «somos poucas
pessoas realizando-o».

«Queremos que a devoção aos santos promovida pelo nosso site não seja desde
o sentimento, mas desde o conhecimento. É por isso que tampouco queremos
acrescentar muitas imagens nem frases sentimentais ou grandes expressões
piedosas. Queremos ser um lugar onde se possa encontrar a vida dos santos
escrita objetiva e sobriamente», comenta.

Assim como projetos como a Wikipédia, o lançamento do site não é mais que o
começo, pois sua riqueza depende das colaborações dos seus usuários.

Pois bem, seus promotores querem que ele sirva também de «enciclopédia,
porque achamos que pode ser uma ferramenta para que pesquisadores,
historiadores ou mentes inquietas possam extrair dados estatísticos e
fiáveis que lhes ajudem a encontrar o que procuram», acrescenta Cofré.

«Tentamos que a informação seja contrastada ao menos em uma fonte como o
Martirológio Romano antes de subi-la. Precisaremos da ajuda de pessoas
conhecedoras para que nos apóiem contrastando as informações, mas esperamos
que com o tempo o número de colaboradores cresça», anima.

A vantagem da tecnologia utilizada é a de oferecer listas alfabéticas e
práticos filtros como o país de origem, a ordem religiosa à qual pertenceram
os santos ou seu estado de vida: papas, bispos, sacerdotes, freiras, leigos,
mártires, etc.

O site permite inscrever-se a um serviço pelo e-mail ou às notícias RSS para
receber os santos de cada dia. Os sites podem acrescentar à sua página uma
janela com os santos do dia.

Cofré considera que «a cultura em que vivemos às vezes nos faz esquecer um
dos grandes tesouros que a nossa Igreja tem: os santos. Conhecer suas vidas
e pedir sua intercessão faz parte da rica e piedosa tradição da cultura
cristã».

Seus promotores sabem que existem sites sobre os santos muito mais ricos e
com informação de qualidade; agora nasce a dimensão colaborativa.

«Por enquanto, já foram introduzidos cerca de 4.000 santos e beatos, e
pensamos que em um ano chegaremos a 7.000», conclui seu diretor.

Mais informação em www.santopedia.com
Comments