Notícias

  • Réplica da Imagem da Nossa Senhora Aparecida   Réplica da Imagem da Nossa Senhora Aparecida chega à Diocese de Blumenau dia 08 de outubro. Veja o roteiro da imagem nas Paróquias. Em comemoração aos 10 anos da Diocese ...
    Postado em 30 de out. de 2009 07:50 por Julio Cesar Rodrigues
  • Catequese com Adultos Veja a nova seção sobre Catequese com Adultos. Nela vamos mostrar todo o conteúdo abordado nos encontros. Aproveite para se informar e também "se formar". E se desejar, venha participar ...
    Postado em 23 de abr. de 2009 18:24 por Julio Cesar Rodrigues
  • Missa com Dom José Venha celebrar com toda a comunidade no dia 03 de Maio, às 19:00 h a primeira missa em nossa Paróquia de nosso novo Bispo, Dom José. Venha rezar  e ...
    Postado em 23 de abr. de 2009 17:34 por Julio Cesar Rodrigues
  • Semana Santa Semana Santa e Celebração da Páscoa - 2009  Veja as fotos das celebrações da Semana Santa e da Páscoa de 2009.  Consulte a seção "Eventos&Fotos" no menu lateral do Site ...
    Postado em 23 de abr. de 2009 17:36 por Julio Cesar Rodrigues
  • Discípulos de Emaús, luz para Ano Catequético no Brasil Discípulos de Emaús, luz para Ano Catequético no Brasil10/04/2008Iniciativa será celebrada em 2009 no país Por Alexandre Ribeiro INDAIATUBA, quinta-feira, 10 de abril de 2008 ...
    Postado em 14 de ago. de 2008 16:50 por Julio Cesar Rodrigues
  • A Força da Esperança - Artigo de Dom Paulo Mendes Peixoto A Força da Esperança - Artigo de Dom Paulo Mendes Peixoto13/08/2008Jesus Cristo é o caminho, é a verdade e a vida. Ele é a fonte da nossa ...
    Postado em 14 de ago. de 2008 16:44 por Julio Cesar Rodrigues
Exibindo postagens 1 - 6 de 30. Exibir mais »

Réplica da Imagem da Nossa Senhora Aparecida

postado em 30 de out. de 2009 07:49 por Julio Cesar Rodrigues

 

Réplica da Imagem da Nossa Senhora Aparecida
chega à Diocese de Blumenau dia 08 de outubro.

Veja o roteiro da imagem nas Paróquias.

Em comemoração aos 10 anos da Diocese, uma réplica da Imagem da Nossa Senhora Aparecida, vinda do Santuário de Aparecida do Norte - SP, chega à Blumenau dia 08 de outubro na Catedral São Paulo Apóstolo.

Foto de Jaime Batista da Silva


Como parte da celebração dos 10 anos da nossa Diocese de Blumenau, de 07 de outubro de 2009 a 20 de junho de 2010, a imagem da nossa Mãe e Padroeira Nossa Senhora Aparecida será trazida à Diocese e peregrinará por todas as paróquias.


Chegada da Imagem à Catedral São Paulo Apóstolo, em Blumenau (Centro).

Dia 08 de outubro – Missa Solene de Acolhida da sagrada imagem, presidia por Dom José Negri (foto), Bispo Diocesano de Blumenau às 20h.

Foto Arquivo de Jaime Batista da Silva

 

ROTEIRO DA IMAGEM COM SAÍDA DE SP E CHEGADA EM SC
Dia 07/10/2009 – 9h: Solene celebração eucarística de envio da réplica da Imagem no Santuário Nacional de Aparecida, com missa presidida por Dom José, nosso Bispo Diocesano e transmitida pela TV Aparecida.
Dia 07/10/2009 – 18h: Chegada da Imagem em Navegantes, com cerimônia de acolhida numa das salas do aeroporto, na presença de autoridades eclesiásticas, militares e civis, oficialmente convidadas. Logo em seguida, será feito traslado até o Santuário de Navegantes.
Dia 07/10/2009 – 19h30: Missa de acolhida presidida por Dom José. Seguir-se-á grande vigília mariana até à meia noite.

Dia 08/10/2009 – 18h: Saída do Santuário de Navegantes, seguindo, em carro fechado, pela Rodovia Jorge Lacerda. Às 18h30: breve parada em frente à igreja-matriz São Pio X, em Ilhota, com saudação daquela comunidade paroquial e bênção de todas as famílias.
Dia 08/10/2009 – 19h: breve parada junto às escadarias da igreja-matriz São Pedro, em Gaspar, com saudação da comunidade paroquial e bênção das famílias.
Dia 08/10/2009 – 20h: Chegada da Imagem à Catedral São Paulo Apóstolo, em Blumenau (Centro) – Solene Celebração Eucarística de Acolhida da sagrada imagem, presidia por Dom José Negri, Bispo Diocesano de Blumenau.

Foto de Jaime Batista da Silva

Roteiro da Visita nas Paróquias da Diocese de Blumenau até junho 2010.
OUTUBRO 2009:
Dia 07/10 – Catedral – Blumenau;
Dia 12/10 - Santuário da Itoupava Norte – Blumenau – Chegada às 10h;
Dia 17/10 – São José Operário – Blumenau – Chegada às 19h30;
Dia 24/10 – Santa Terezinha – Blumenau – Chegada às 18h;
Dia 31/10 – N. Sra. da Glória – Blumenau – Chegada às 19h.

NOVEMBRO 2009:
Dia 07/11 – Santa Isabel – Blumenau – Chegada às 19h;
Dia 14/11 – N. Sra. de Fátima – Blumenau – Chegada às 19h;
Dia 21/11 – Cristo Rei – Blumenau – Chegada às 19h;
Dia 28/11 – São Francisco de Assis – Blumenau – Chegada às 19h.

DEZEMBRO 2009:
Dia 05/12 – Imaculada Conceição – Blumenau – Chegada às 18h;
Dia 12/12 – S. C. de Jesus – Blumenau – Chegada às 19h30;
Dia 19/12 – Santa Cruz – Blumenau – Chegada às 19h;
Dia 26/12 – N. Sra. do P. Socorro – Blumenau – Chegada às 18h.

JANEIRO 2010:
Dia 02/01 – Santa Luzia – Navegantes – Chegada às 19h;
Dia 09/01 – Nossa Senhora da Penha – Penha – Chegada às 19h30;
Dia 16/01 – Santa Paulina – Navegantes – Chegada às 19h30;
Dia 23/01 – Sant. N. Sª Navegantes – Navegantes – Chegada: 19h30;
Dia 30/01 – Nossa Senhora da Paz – Piçarras – Chegada às 20h.

FEVEREIRO 2010:
Dia 06/02 – Santo Antonio – Piçarras – Chegada às 20h;
Dia 13/02 – São Dom. de Gusmão – Navegantes – Chegada às 19h30;
Dia 20/02 – São Vicente de Paulo – L. Alves – Chegada às 17h;
Dia 27/02 – N. Sra. da Glória – Baú – Ilhota – Chegada às 19h.

MARÇO 2010:
Dia 06/03 – São Pio X – Ilhota – Chegada às 19h30;
Dia 13/03 – N. Senhora do Rosário – Gaspar – Chegada às 19h30;
Dia 20/03 – São Pedro – Gaspar – Chegada às 19h;
Dia 27/03 – Imaculada Conceição – Gaspar – Chegada às 19h.

ABRIL 2010:
Dia 03/04 – S. C. de Jesus – Belchior – Gaspar – Chegada às 19h;
Dia 10/04 – Santa Inês – Indaial – Chegada às 17h;
Dia 17/04 – N. Sra. de Fátima/S. Fco. – Indaial – Chegada às 19h;
Dia 24/04 – São Ludgero – Pomerode – Chegada às 19h.

MAIO 2010:
Dia 01/05 – Imac. Conceição – R. dos Cedros – Chegada às 19h;
Dia 08/05 – N. Sra. da Glória – Dr. Pedrinho – Chegada às 19h;
Dia 15/05 – N. Sª de Lourdes – S. Maria – Dr. Pedr. – Chegada: 19h30;
Dia 22/05 – São Roque – Benedito Novo – Chegada às 19h;
Dia 29/05 – Santa Terezinha – Timbó – Chegada às 19h.

JUNHO 2010:
Dia 05/06 – Santo Estevão – Blumenau – Chegada às 19h30;
Dia 12/06 – Santo Antonio – Blumenau – Chegada às 18h;
Dia 19/06 – São Luiz Gonzaga – Blumenau – Chegada às 17h.

DIA 20/06/2010 – CELEBRAÇÃO DOS 10 ANOS DA DIOCESE.


Tema de todo o evento: “Eis a tua mãe” (Jo 19,27).
Lema: Com a Mãe Aparecida celebrando 10 anos da nossa Igreja Diocesana.
Fonte: Pe. Raul Kestring - Site Diocese de Blumenau
 
Fonte:http://jaimebatistadasilva.blogspot.com/

Catequese com Adultos

postado em 23 de abr. de 2009 18:23 por Julio Cesar Rodrigues

Veja a nova seção sobre Catequese com Adultos. Nela vamos mostrar todo o conteúdo abordado nos encontros. Aproveite para se informar e também "se formar". E se desejar, venha participar dos encontros.
A paz de Cristo! Júlio.

Missa com Dom José

postado em 23 de abr. de 2009 17:33 por Julio Cesar Rodrigues   [ 23 de abr. de 2009 17:34 atualizado‎(s)‎ ]

Venha celebrar com toda a comunidade no dia 03 de Maio, às 19:00 h a primeira missa em nossa Paróquia de nosso novo Bispo, Dom José. 
Venha rezar  e louvar a Deus e pedir bençãos para Dom José conduzir com amor e firmeza o seu rebanho!

Semana Santa

postado em 12 de abr. de 2009 11:34 por Julio Cesar Rodrigues   [ 23 de abr. de 2009 17:36 atualizado‎(s)‎ ]

Semana Santa e Celebração da Páscoa - 2009  

Veja as fotos das celebrações da Semana Santa e da Páscoa de 2009.  
Consulte a seção "Eventos&Fotos" no menu lateral do Site.

Agradecemos e louvamos por sua participação!

Discípulos de Emaús, luz para Ano Catequético no Brasil

postado em 14 de ago. de 2008 16:50 por Julio Cesar Rodrigues

Discípulos de Emaús, luz para Ano Catequético no Brasil
10/04/2008

Iniciativa será celebrada em 2009 no país


Por Alexandre Ribeiro

INDAIATUBA, quinta-feira, 10 de abril de 2008 (ZENIT.org).- A passagem evangélica dos discípulos de Emaús (Lc 24, 13-35) será o eixo de reflexão e metodologia do Ano Catequético proposto pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) para 2009.

Foi o que explicou a Zenit esta quinta-feira Dom Juventino Kestering, bispo de Rondonópolis (Mato Grosso) e membro da Comissão Episcopal para Animação Bíblico-Catequética.

O Ano Catequético 2009 havia sido aprovado na Assembléia Geral da CNBB de 2006. Durante a reunião plenária que o episcopado realiza estes dias em Itaici (São Paulo) novos encaminhamentos foram definidos para o ano celebrativo.

Segundo Dom Kestering, o Ano Catequético terá «profundamente essa dimensão dos discípulos de Emaús», porque «em termos de catequese, a melhor pedagogia, a melhor metodologia catequética está exprimida no capítulo 24 do Evangelho de Lucas».

«Ali se tem todo o processo de conversão, de como, a partir do encontro com Jesus Cristo, é possível se tornar não apenas discípulo, mas se tornar um discípulo-missionário.»

O bispo explicou que o Ano Catequético está vinculado a importantes indicações pastorais tomadas pela Igreja no Brasil neste tempo: o Documento de Aparecida e as Novas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, aprovadas hoje pela assembléia geral.

De acordo com o bispo de Rondonópolis, o Diretório Nacional de Catequese afirma, no número 26, que o fruto da catequese e da evangelização é fazer discípulos.

«Então essa afirmação nos abriu para ter como tema do Ano Catequético o discipulado», disse.

O bispo afirma ter «muita esperança» no trabalho em cima do eixo do discipulado, de enfatizar que «nós, cristãos, acima de tudo somos discípulos; mas não discípulos de uma filosofia, de uma teoria, de uma escola, mas discípulos de alguém, Jesus Cristo».

A Força da Esperança - Artigo de Dom Paulo Mendes Peixoto

postado em 14 de ago. de 2008 16:45 por Julio Cesar Rodrigues

A Força da Esperança - Artigo de Dom Paulo Mendes Peixoto
13/08/2008

Jesus Cristo é o caminho, é a verdade e a vida. Ele é a fonte da nossa confiança e de esperança na vida. Entre nós isto acontece na prática dos relacionamentos, nos encontros de fraternidade, na partilha das mesmas preocupações e do mesmo sonho. Com isto, tudo passa a ser gerador de nova vida, inundada de alegria.

A vida é marcada por encontros que dão forma humana à esperança. Deve criar abertura e disponibilidade para a ajuda entre as pessoas. Temos que nos deixar conduzir pelas coisas que fazem o bem. São bem-aventurados todos aqueles que conseguem descobrir, nos relacionamentos e encontros, o itinerário para realizar o bem.

É importante ter em conta as palavras sábias da Sagrada Escritura, quando diz que “Deus privilegia os pobres e humildes, sacia os famintos e despede os ricos sem nada”. É uma inversão de valores levando em conta a ordem social dos dias de hoje. A atitude bíblica não significa levar a uma alienação. É uma exaltação dos humildes.

Como se vê, o mundo está marcado por uma dupla realidade que toca profundamente a vida das pessoas. Uma delas é a grandeza pessoal, regada por uma falsa felicidade e uma falsa esperança. Outra, marcada pela humildade e aniquilamento, mas muito mais fundamentada numa esperança que sai de dentro, que realiza o próprio ser pessoal. Faz a vida ficar muito mais equilibrada.

A verdadeira esperança tem sua raiz em Deus. É uma força que faz “transportar montanha”, que supera os obstáculos e condicionamentos humanos. Os pobres e sofredores estão mais sensibilizados para isto, porque não têm nada a perder. Têm sim a vida que deve ser defendida a todo custo. Por isto erguem seus olhos para o céu com muito mais confiança e forte esperança.

A força da esperança tem uma espiritualidade totalmente libertadora. Ela é conquistadora de fatos e situações novos para realizar os seus objetivos. Não se desespera e não se deixa levar pelas realidades do tempo. É imprescindível na vida das pessoas para conquistar a esperança.

Dom Paulo Mendes Peixoto
Bispo de Rio Preto.

Perseguição religiosa e sacrilégios no Equador

postado em 13 de ago. de 2008 10:24 por Julio Cesar Rodrigues

Helio Dias Viana

Inconformados com o fato de a Conferência Episcopal vir advertindo os fiéis contra a nova Constituição, recentemente votada pelos socialistas, militantes do partido governista Alianza País vêm sendo acusados de perpetrar ultimamente terríveis sacrilégios em templos católicos do Equador.

Eles temem que a Constituição, a qual estabelece o aborto e o "casamento" homossexual, subtrai dos pais o direito sobre a educação dos filhos e concede poderes ilimitados ao Presidente da República - entre outras coisas -, seja rejeitada pela opinião pública no referendo marcado para o próximo 28 de setembro.

"A Sagrada Eucaristia, o tesouro mais precioso de todo católico, foi profanada em três ocasiões nas últimas semanas", declarou Francisco Soyos, porta-voz da Arquidiocese de Guayaquil. E acrescentou: "Não se pode pensar que se trata de fatos isolados e sem importância. Estamos diante de um ato igual ao que sofreu Nosso Senhor em Sua Paixão e Crucifixão. Em Guayaquil, estamos flagelando novamente Nosso Senhor, que tal como um silencioso Cordeiro, recebeu todas essas ofensas."

A primeira profanação ocorreu na Paróquia da Santíssima Trindade, em Nobol, quando foi roubada uma hóstia que estava exposta à adoração dos fiéis.

A segunda se deu no dia 31 de julho, na Capela do Menino Jesus de Praga, pertencente à Paróquia de Nossa Senhora de Loreto: os profanadores retiraram as Sagradas Espécies do cibório, espalharam-Nas pelo chão, cuspiram-Lhes e depois As pisotearam.

Um sacrilégio análogo foi perpetrado depois, na noite de domingo, 3 de agosto, na Igreja da Santa Ceia, cujo cibório foi retirado do Sacrário, e as hóstias atiradas ao chão e pisoteadas.

Em reparação por esses terríveis sacrilégios, próprios a atraírem a cólera divina, a Arquidiocese de Guayaquil mandou celebrar no domingo, 10 de agosto, uma Missa de desagravo na Catedral, bem como emitiu uma nota na qual afirma: "Quando ocorre um sacrilégio, especialmente no tocante às Sagradas Espécies eucarísticas, toda a Igreja é chamada a rezar junto, em reparação pela ofensa cometida contra Nosso Senhor Jesus Cristo, que está vivo e presente nessas hóstias".

É o que informa a agência norte-americana Life Style News, citando a Agência Católica de Imprensa ACI, segundo a qual o Arcebispo de Guayaquil e Presidente da Conferência Episcopal, D. Antonio Arregui, vem recebendo ameaças de morte depois que, no estrito cumprimento de sua missão apostólica, fez críticas à referida Constituição. Ameaças análogas vêm sendo dirigidas também ao Sr. Amparo Medina, por sua oposição ao aborto. Por sua vez, a organização de extrema esquerda Impunidad Jamás, moveu um processo contra o Arcebispo.

O próprio Presidente da República, o socialista Rafael Correa, amigo de Chávez, de Lula e de Morales, vociferou mais de uma vez contra os dignitários eclesiásticos e a Igreja Católica, por sua oposição à nova Constituição, acusando-os equivocadamente de ingerência nos assuntos do Estado.

Nisso ele imita o seu antepassado, o ex-presidente José Eloy Alfaro (1842-1912), um socialista e perseguidor da Igreja, que tentou entrar numa igreja montado a cavalo. A população enfurecida o apeou, esquartejou, arrastou pelas ruas de Quito e depois incinerou.

Importa por fim recordar que partidários de Hugo Chávez também já praticaram na Venezuela diversos sacrilégios. Ele mesmo chegou a mandar retirar da entrada de um importante hospital de Maracaibo, uma imagem da Padroeira, Nossa Senhora de Coromoto, para substituí-la por uma do Che Guevara. Houve muita reação e ele foi obrigado a voltar atrás. O que mostra mais uma vez como, à medida que se implanta, o socialismo desfecha necessariamente na perseguição ao Catolicismo.

CNBB incentiva ação contra aborto

postado em 14 de jul. de 2008 04:22 por Julio Cesar Rodrigues

CNBB incentiva ação contra aborto
12/07/2008

Comissão do Congresso rejeitou projeto antivida

Essa quarta-feira, a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados do Brasil rejeitou o projeto de lei que legalizaria o aborto no Brasil (PL 1135/91).

A matéria já havia sido rejeitada pela Comissão de Seguridade Social e Família, no dia 7 de maio.

Em nota divulgada essa quinta-feira, a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) afirma que, após longo debate, concluiu-se que tal projeto de lei é inconstitucional, e que o direito à vida, assegurado no artigo 5º da Constituição Federal, constitui um valor supremo, do qual decorrem todos os demais direitos.

Assim --destaca o texto, assinado pelo secretário-geral, Dom Dimas Lara--, mais uma vez, foi respeitada a voz da grande maioria da população brasileira, que é decididamente contrária à prática do aborto e que defende a vida e a dignidade humana, desde a fecundação, até seu declino natural.

A nota recorda que na Carta Encíclica Evangelium vitae, o Papa João Paulo II afirma que “o ser humano deve ser respeitado e tratado como uma pessoa desde a sua concepção e, por isso, desde esse mesmo momento, devem-lhe ser reconhecidos os direitos da pessoa, entre os quais e primeiro de todos, o direito inviolável de cada ser humano inocente à vida” (EV 60).

Assim, matar um ser humano é sinal de desvalorização da vida, que precisa ser protegida em toda e qualquer circunstâncias, independentemente de há quanto tempo e de como está existindo, afirma o organismo episcopal.

A CNBB dirige uma palavra de incentivo e reconhecimento a todos os deputados e deputadas que votaram pela vida dos nascituros, bem como aos Movimentos em Defesa da Vida.

A Conferência também louva o trabalho daqueles que, de alguma forma se empenham firmemente na difícil tarefa de promover e defender a vida humana, compreendida como dom de Deus e co-responsabilidade de todos, da concepção até sua morte natural.

Fonte: Zenit.org

Ser ético e honesto - Dom Paulo Mendes peixoto

postado em 14 de jul. de 2008 04:19 por Julio Cesar Rodrigues

Ser ético e honesto - Dom Paulo Mendes peixoto
13/07/2008

Como é difícil a autenticidade e a prática das coisas com plena retidão. Dentro da nova mentalidade isto parece até impossível. No bom entender, o caminho de fidelidade está contido nas palavras da Sagrada Escritura, justamente porque nelas, apesar de expressões puramente humanas, são escritas sob a inspiração do que vem do alto, do próprio Deus.

O ser humano tem uma identidade de vulnerabilidade de tamanho muito grande. Por isto ele age com critérios não éticos e, muitas vezes, com a tônica da desonestidade. Infelizmente isto ganha força na área política, no meio dos políticos. E sabemos que a política é espaço sublime para fazer acontecer o bem comum, conseqüência do ser social das pessoas.

Depois de realizados os conchavos políticos, e tendo registradas as candidaturas, instaura-se a feroz briga pelo voto. E ele tem o mesmo valor em cada brasileiro. É o momento em que nos tornamos todos iguais. E como é difícil viver esta igualdade! Esta identidade e direito de cada eleitor se transforma em mera mercadoria. Infelizmente, para muitos, ele é de quem dá mais.

É lamentável o que temos assistido em nossas eleições. Não passam de brigas pelo poder. Até valorizamos a paixão política, paixão por um partido ou candidato. Não entendemos o nível de comportamento, seja de candidato como também de eleitores, com vinculações contra a ética e totalmente desonestas.

Vender o voto é vender a consciência e sofrer as conseqüências. Comprar o voto é tolir o direito de liberdade e demonstrar incapacidade para gerar a coisa pública. Quando um candidato “entorna” dinheiro e outros bens nos eleitores está revelando seu perfil e sua conduta diante dos bens públicos.

O povo está, cada vez mais, saturado de uma história que se repete sempre. Tendo até que se ater a candidatos com “ficha suja”. São inconcebíveis tais fatos e, pior ainda, sendo eleitos e reeleitos. Tudo isto causa desencanto, não diria, pela política, mas pelos políticos. É claro que a análise aqui é generalizada. Muitos políticos têm atitudes corretas e realmente são éticos e honestos.

Cabe aos eleitores o trabalho de conhecer o “curriculum vitae” dos candidatos, principalmente de seus candidatos. Quem foi desonesto dificilmente será honesto diante do bem público. Com muito mais facilidade cairá nos laços dos especuladores. Quem fica no prejuízo é o próprio povo. Aí está o valor da frase, “voto não se vende. Ele tem conseqüências”.

A intenção aqui é contribuir com a sublimidade do momento eleitoral. Nele estão em jogo os municípios e o seu povo. Afinal de contas, são quatro anos de gestão. Poderão ser quatro anos de sofrimento, de pobreza e de desrespeito com os bens públicos que são de todos.

Dom Paulo Mendes Peixoto
Bispo de Rio Preto

Supremo Tribunal do Brasil libera pesquisa com embriões

postado em 30 de mai. de 2008 13:08 por Julio Cesar Rodrigues

Por seis votos a cinco, ministros declaram constitucionalidade

Por Alexandre Ribeiro
BRASÍLIA, quinta-feira, 29 de maio de 2008 (ZENIT.org).- Em um julgamento denso, com votos cuja leitura da fundamentação chegou a durar três horas, o Supremo Tribunal Federal do Brasil liberou esta quinta-feira a pesquisa com embriões humanos no país.

Dom 11 ministros do Supremo, seis votaram pela improcedência da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 3.510 e, portanto, pela legalização das pesquisas com células-tronco embrionárias.

A ADI 3.510, proposta em 2005 pelo então procurador-geral da República, Cláudio Fonteles, contestava o artigo 5º da Lei de Biossegurança, que, recém-aprovado, liberava as pesquisas com embriões.

O julgamento da ADI foi iniciado no dia 5 de março. Após dois votos a favor das pesquisas com embriões (do ministro relator, Carlos Ayres Britto, e da então presidente do STF, ministra Ellen Gracie), a sessão foi suspensa por pedido de vista do ministro Carlos Alberto Menezes Direito.

Na retomada do julgamento, esta quarta e quinta-feira, os ministros Joaquim Barbosa, Cármen Lúcia, Celso de Mello e Marco Aurélio Mello votaram pela liberação das pesquisas.

Com isso, de acordo com a proclamação final do presidente do Supremo, foram 6 votos contra a ADI --a favor das pesquisas com embriões-- e 5 votos pela constitucionalidade parcial do artigo 5º da Lei de Biossegurança.

O presidente do Supremo, ministro Gilmar Mendes, fez ressalvas à legislação, por considerar que a norma brasileira possui deficiências. O ministro Cezar Peluso também assinalou restrições.

Os ministros Menezes Direito, Ricardo Lewandowski e Eros Grau, ao votarem pela constitucionalidade parcial do dispositivo que permite a pesquisa com embriões, consideraram ser necessário impor restrições para que o direito à vida não seja violado.

Lewandowski apontou que «as pesquisas com embriões viáveis congelados a mais de três anos» deveriam ser admitidas «desde que não sejam destruídos, nem tenham seu potencial de desenvolvimento comprometido».

Já o ministro Eros Grau ressaltou que o embrião faz parte do gênero humano, sendo assim ele tem a proteção da sua dignidade garantida pela Constituição, «que lhe assegura ainda o direito à vida».

Menezes Direito afirmou que «o embrião é, desde a fecundação, mais presentemente, desde a união dos núcleos do óvulo e do espermatozóide, um indivíduo, um representante da espécie humana, que terá a mesma carga genética de um feto, de uma criança, de um adulto, de um velho».

O ministro enfatizou que «a vida humana é autônoma, independente de impulsos externos». Segundo ele, a ciência deveria trabalhar para «fazer o bem a partir do bem, e não o bem a partir do mal».

De acordo com o ministro Direito, as células-tronco embrionárias deveriam ser «obtidas sem a destruição do embrião e as pesquisas, devidamente aprovadas e fiscalizadas pelo órgão federal, com a participação de especialistas de diversas áreas do conhecimento».

Os militantes pró-vida presentes no julgamento do Supremo lamentaram a decisão do Tribunal, enfatizando que a pesquisa com embriões fere o primeiro dos direitos, o direito à vida.

1-10 of 30

Comments